Caminhos de saída com luzes de emergência:

Os caminhos de saída devem ser desobstruídos, acessíveis e adequadamente iluminados
– Isso inclui o acesso de saída (levando até a saída), a própria saída e a descarga de saída
(fora da saída). As rotas de saída também devem permanecer visíveis durante qualquer
construção ou reparos de construção.
Luzes de emergência:
As luzes de emergência devem acender automaticamente dentro de 10 segundos de uma
queda de energia, durar pelo menos 1,5 horas e fornecer pelo menos 1fc em média de luz
ao longo do caminho de saída. também é importante ter luzes de emergência em áreas
fechadas, como banheiros, vestiários, escadarias, corredores e saguões, para garantir que
os ocupantes possam gerenciar com segurança o caminho de saída.
Sinais de saída
Os sinais de saída devem ser claramente marcados e iluminados durante quedas de
energia e escuridão durante a ocupação do edifício. Os sinais devem permanecer
iluminados durante a escuridão por pelo menos 90 minutos. Você deve verificar as baterias
nos sinais de saída uma vez por mês e fazer um teste de descarga completa uma vez por
ano. Estes são exigidos por lei. Além dos sinais de saída, você precisará de sinalização
afixada indicando a direção da saída mais próxima, se não for imediatamente óbvia. Isso
inclui sinais braille.
Clareza
Se houver portas ou caminhos ao longo da rota de saída que possam ser confundidos com
um caminho de saída, você deve colocar uma placa que diz: Não é uma saída ou o uso
real da sala. Os padrões NFPA Life Safety 101 exigem que o caminho de saída seja
claramente marcado por uma placa com a palavra “saída” que não seja decorada ou
obstruída da vista.